Pular para o conteúdo principal

Resumo Histórico do Movimento Teatral da Paixão de Cristo em Quixeré

A década de 1980 foi para Quixeré uma época de mentes férteis em termos culturais com a juventude mobilizada em torno do CCC – Centro Cultural de Cordel – que adaptava a literatura de cordel para peças teatrais belíssimas e tinha como principais líderes os jovens: Antonio Manoel Filho, Veridiano Rodrigues, Domingos Sávio e Valderez. E a JUFRA – Juventude Franciscana que animava, através de seus membros, adolescentes e jovens nas tardes de Sábado tendo como palco o Centro Comunitário (hoje CVT).
Vem desses movimentos o Teatro Paixão de Cristo cujo embrião foi a peça “Vida de Cristo” com roteiro elaborado por Sebastião Santiago Lima – Presidente da JUFRA, Pedro Sérgio Moreira Leão, Maria Elizomar Almeida e José Genésio (Basinho) estudantes jufrenses em 1984.
A primeira apresentação aconteceu no Palco do Centro Comunitário em 1984 com vinte e quatro pessoas atuando em mais ou menos 30 cenas, contando a história de Jesus, do nascimento à ressurreição.
O mesmo grupo apresentou a mesma peça em 1985 em frente à Igreja Matriz com narração de Domingos Sávio.
Em 1986 o jovem Antonio Manoel Filho (Toínho de Tony) foi convidado para ser o Narrador e tudo ainda acontecia de forma muito simplória, pois não tinham figurinos próprios, cenários, sistemas de som e fotografia. Mas é desse ano que se conta o tempo de apresentação da Paixão de Cristo em Quixeré.
1987 – Não houve apresentação.
1988 – A apresentação, já mais aprimorada, ainda foi realizada no patamar da igreja, mas já contou com sistema de som, dublagem de todas as falas, registros fotográficos e mais de 40 participantes.
1989 – Deu-se início a montagens de cenários, acréscimos de cenas como a ressurreição de Lázaro, perdão de Madalena, enforcamento de Judas, Jesus perante Pilatos, pré-julgamento dos sacerdotes e dessa vez a ascensão de Jesus foi realizada através de um macaco hidráulico, trazendo mais realidade e leveza à cena.
1990 – Não houve apresentação.
1991 – A apresentação aconteceu em um terreno de 60 x 8m à beira da estrada da barragem no Bairro Pontal. Propriedade particular da família de Toínho de Tony. O palco foi feito em terraplanagem e os cenários em madeira e compensado. A ascensão de Jesus contou com um mecanismo de cordas e roldanas suspensas por duas carnaúbas e efeito especial com muita fumaça.
1992 – A prefeitura cedeu o prédio da CIBRAZEM e terrenos anexos onde foi construído um palco único e fixo de terraplanagem para todos os cenários e cenas. A partir desse ano, contando com espaço fixo e local para guardar o material de uso para as apresentações, o teatro Paixão de Cristo toma novo impulso e começa a se reestruturar.
1993 – A apresentação ganhou novos cenários: templos em tecidos e grades de madeira, melhor iluminação e som. Sistema de gravação de play back já incluindo fundo musical.
1994 – não houve apresentação por falta de patrocínios. Daí a formação da Associação Teatral Monsenhor Oliveira – ATMO – com o objetivo de tornar-se pessoa jurídica e angariar recursos para os anos seguintes. Na contagem da ATMO até 2008 são 23 anos de teatro e 20 anos de apresentações.
De 1995 a 2008 apresentações sucessivas e ininterruptas fazem a cada ano a consagração de uma história de muitos sonhos, união de esforços populares e exemplo de perseverança. Assim se resume a epopéia que é hoje liderada pelos artistas da ATMO, com apresentação de um dos maiores espetáculos de teatro ao ar livre do Ceará.
2008 - logo Após a Semana Santa, a ATMO reuniu seus membros para renovação da diretoria que é composta por 09 participantes e tem como atual presidente - Paulo Cesar Melo Costa, Vice-presidente - Regina Cláudia de Oliveira Sousa, 1ª secretária - Maria Luciana Xavier Lima, Diretor-geral - Antônio Manoel filho que é também o Relações pública do Grupo e atende pelo telefone (088) 3443 1483 ou pessolamente, no salão ateliê na rua João Batista de Oliveira, 240 Centro de Quixeré - Ceará

Comentários

Parabéns pelo excelente resumo oferecido como memória dessa rica história. Fico feliz, pois, participei da primeira formação de atores e hoje tantos anos depois vejo meu filho, participando com o mesmo entusiasmo na apresentação da Paixão de Cristo.

Postagens mais visitadas deste blog

Evolução Política de Quixeré

O Quixeré dos currais, ainda sem denominação e o Quixeré sítios conhecido como Tabuleiro do rio Quixeré, teve sua evolução política a partir de sua elevação à vila pela Lei Nº. 1.156 em 04 de dezembro de 1933. Criação da subprefeitura LEI Nº 07 de 22/10/1955, com instalação da mesma em 10/01/1956 e a criação do município pela Lei 5.573 de 11/04/1957 e instalação do mesmo em 15/05/1957. Aos 03 de fevereiro de 1957, realizou-se um plebiscito sobre a emancipação política do distrito de Quixeré. Em 05 de abril de 1990 foi promulgada a lei Orgânica do Município.
A subprefeitura de Quixeré teve somente um subprefeito e para tal cargo foi nomeado o Sr. João Lima de Oliveira. O período de sua administração foi de 15 de maio de 1957 a 25 de março de 1959.
Administração atual: Em 01/01/2005 tomou posse o Prefeito Raimundo Nonato Guimarães Maia e o Vice-Prefeito Francisco José de Oliveira. Composição da Câmara: José de Lima – Presidente, João Batista dos Santos Neto, Raimundo Alcides de Matos Lim…

SIGNIFICAÇÃO DO TOPÔNIMO QUIXERÉ

É uma palavra indígena de significado desconhecido. Também não se sabe quem deu esse nome ao rio que é um braço do rio Jaguaribe, nasce no município de Tabuleiro do Norte, passa por terras de Limoeiro do Norte e atravessa o município de Quixeré, desaguando no rio Jaguaribe no município de Russas.
Há suposições de que Quixeré seria uma aldeia indígena, uma tribo, ou mesmo um índio. Para essa hipótese Quixeré significaria lugar onde habita o porco do mato, também conhecido como queixada ou porco espinho.

RELAÇÃO DAS SECRETARIAS MUNICIPAIS DE QUIXERÉ

SECRETARIA DE AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL

NOME DO SECRETÁRIO: JOSÉ FAGNER BRITO

FUNÇÃO/O QUE FAZ?
COORDENA E EXECUTA POLITICA EM PROL DA AGRICULTURA FAMILIAR.
CEL: 92263061
************************************************
 SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E CAPITAÇÃO DE RECURSOS

NOME DO SECRETÁRIO: ANTÔNIO DE SOUSA

FUNÇÃO/O QUE FAZ?
COORDENA A ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO E LIDA DIRETAMENTE COM A ELABORAÇÃO E PROJETOS E A CAPTAÇÃO DE RECURSOS JUNTO OS GOVERNOS ESTADUAL E FEDERAL.
TELEFONE: 3443-1140 - CEL: 92268263
*********************************************************************************
SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO
NOME DO SECRETÁRIO: JESUS ORLEUDO NERY RIBEIRO

FUNÇÃO/O QUE FAZ?
COORDENA AS DEMAIS SECRETARIAS E AUXILIA DIRETAMENTE AO GABINETE DO PREFEITO

TELEFONE: 3443-1274 - CEL: 92268141
****************************************************************************

 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO
NOME DO SECRETÁRIO: FRANCISCO VALDINISIO DE SOUSA

FUNÇÃO/O QUE FAZ?
DESENVOLV…