Pular para o conteúdo principal

A escolha da data de realização da FEARTEM e seus princípios básicos.


Conforme explica o capítulo anterior, a FEARTEM iniciou-se em 1980 como um dos itens da programação da Semana da Pátria. Item este, que seria a participação obrigatória do MOBRAL/Fundação Educar nas atividades culturais da referida Semana.
 Naquela época a educação pública era orientada por diretrizes do sistema educacional vigente, impregnadas de um civismo exacerbado cultuando um ideal nacionalista, calcado nas ideologias de seus mentores para sustentar a tão propagada unidade nacional através do amor à pátria. (Essa era a base de aceitação dos desmandos da ditadura).
Esta que aqui escreve trabalhava numa escola estadual urbana. E como, era também, professora municipal estava a serviço do MOBRAL/Fundação Educar , trabalhando como supervisora das ações do mesmo no município de Quixeré desde 1977.
Quando a coordenação local recebeu as diretrizes para participar como sempre da programação da semana da pátria no município e que naquele ano devia obrigatoriamente desenvolver atividades envolvendo os temas “Semana da Pátria – Semana Cultural”, nós aproveitamos a oportunidade para fixar a data de realização da FEARTEM cujos objetivos era agregar valores ao “Programa de Educação para o Trabalho” PET, promovendo estrututura e sustentabilidade para seus participantes, os artesãos.
O Programa de Educação para o Trabalho tinha por finalidade despertar nas pessoas o interesse para aprender uma profissão e colocá-la em prática. Mas, em Quixeré ele iria bem mais além. Estava organizado para incentivar o trabalho informal como fonte de renda, e por essa razão tinha que organizar os artesãos estimulando a produção individual e grupal, bem como buscar os meios de evitar o “atravessador” que eram os compradores dos produtos para revenda.
Foi aí que surgiu a idéia de uma feira apresentando somente artesanato e artistas da terra, com toda a cultura do município, inclusive comidas típicas, e que fosse realizada em praça pública com no mínimo dois dias de apresentação, envolvendo o feriado de sete de setembro.  
Depois que o MOBRAL foi extinto, pouquíssimas pessoas assumem em público ou no seu currículo que trabalharam nesta instituição. Isso se deve à consciência de que o mesmo foi cria da ditadura militar. Nós, ao contrário, até sentimos orgulho de dizer que ajudamos a tocar as ações do MOBRAL no município. Pois temos consciência de que mesmo cumprindo as formalidades que as diretrizes exigiam, utilizávamos o riquíssimo material e outros recursos destinados ao desenvolvimento das ações, para mesmo de  forma discreta promovermos a cidadania no ideal de progresso, liberdade e igualdade de direitos e deveres de acordo com os  nossos Princípios éticos e morais. Foi assim que o programa de educação para o trabalho – PET – cujo lema federal era: “quem sabe mais ensina quem sabe menos”, foi revertido neste município em projeto de organização dos artesãos para geração de renda e superação da falta de emprego e principalmente promover a auto-estima dos artesãos e dos artistas da terra.
Como naqueles tempos os desfiles de 07 de setembro eram uma verdadeira apoteose, muita gente daqui que mora em Fortaleza aproveitava o feriado para visitar a terrinha. Assim sendo, essa era a melhor data para se realizar um evento que pretendia fazer parte do calendário de eventos do município.
Hoje, os tempos são outros. Mas tudo que é tradição vem do povo. Por isso permanece. E graças à sensibilidade de nossas autoridades, a FEARTEM vem resgatando seus princípios e preservando a data de sua realização. E a pesar de sabermos as   razões que levaram o povo a não mais se empolgar com os desfiles de comemoração da independência, achamos que está na hora de começarmos a valorizar o pouco que temos para unidos conseguirmos mais. Vamos cultivar o civismo, o ideal nacionalista, não mais para alienar, como queria a cúpula Governamental, mas para unir forças em prol de um Brasil melhor.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Evolução Política de Quixeré

O Quixeré dos currais, ainda sem denominação e o Quixeré sítios conhecido como Tabuleiro do rio Quixeré, teve sua evolução política a partir de sua elevação à vila pela Lei Nº. 1.156 em 04 de dezembro de 1933. Criação da subprefeitura LEI Nº 07 de 22/10/1955, com instalação da mesma em 10/01/1956 e a criação do município pela Lei 5.573 de 11/04/1957 e instalação do mesmo em 15/05/1957. Aos 03 de fevereiro de 1957, realizou-se um plebiscito sobre a emancipação política do distrito de Quixeré. Em 05 de abril de 1990 foi promulgada a lei Orgânica do Município.
A subprefeitura de Quixeré teve somente um subprefeito e para tal cargo foi nomeado o Sr. João Lima de Oliveira. O período de sua administração foi de 15 de maio de 1957 a 25 de março de 1959.
Administração atual: Em 01/01/2005 tomou posse o Prefeito Raimundo Nonato Guimarães Maia e o Vice-Prefeito Francisco José de Oliveira. Composição da Câmara: José de Lima – Presidente, João Batista dos Santos Neto, Raimundo Alcides de Matos Lim…

SIGNIFICAÇÃO DO TOPÔNIMO QUIXERÉ

É uma palavra indígena de significado desconhecido. Também não se sabe quem deu esse nome ao rio que é um braço do rio Jaguaribe, nasce no município de Tabuleiro do Norte, passa por terras de Limoeiro do Norte e atravessa o município de Quixeré, desaguando no rio Jaguaribe no município de Russas.
Há suposições de que Quixeré seria uma aldeia indígena, uma tribo, ou mesmo um índio. Para essa hipótese Quixeré significaria lugar onde habita o porco do mato, também conhecido como queixada ou porco espinho.

RELAÇÃO DAS SECRETARIAS MUNICIPAIS DE QUIXERÉ

SECRETARIA DE AGRICULTURA E DESENVOLVIMENTO RURAL

NOME DO SECRETÁRIO: JOSÉ FAGNER BRITO

FUNÇÃO/O QUE FAZ?
COORDENA E EXECUTA POLITICA EM PROL DA AGRICULTURA FAMILIAR.
CEL: 92263061
************************************************
 SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E CAPITAÇÃO DE RECURSOS

NOME DO SECRETÁRIO: ANTÔNIO DE SOUSA

FUNÇÃO/O QUE FAZ?
COORDENA A ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO E LIDA DIRETAMENTE COM A ELABORAÇÃO E PROJETOS E A CAPTAÇÃO DE RECURSOS JUNTO OS GOVERNOS ESTADUAL E FEDERAL.
TELEFONE: 3443-1140 - CEL: 92268263
*********************************************************************************
SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO
NOME DO SECRETÁRIO: JESUS ORLEUDO NERY RIBEIRO

FUNÇÃO/O QUE FAZ?
COORDENA AS DEMAIS SECRETARIAS E AUXILIA DIRETAMENTE AO GABINETE DO PREFEITO

TELEFONE: 3443-1274 - CEL: 92268141
****************************************************************************

 SECRETARIA DA EDUCAÇÃO
NOME DO SECRETÁRIO: FRANCISCO VALDINISIO DE SOUSA

FUNÇÃO/O QUE FAZ?
DESENVOLV…